E La nave va… | Diário de bordo | Final

Daisson Flach se despede da intensa semana em que trouxe aos leitores da AmaJazz relatos do seu cruzeiro jazzístico

Para ser lido ao som de Terence Blanchard ao vivo no Blue Note de Milão

Os dois últimos dias do Blue Note at Sea  mantiveram a pressão, começando pela explosiva apresentação da Marcus Miller Band no deck das piscinas, com muito balanço e canjas de Candy Dulfer e do cantor Kevin Whalum. O Ronnie Scott’s  recebeu o tarimbado saxofonista Eric Marienthal com Demion Reid na bateria, Gerald Clayton no piano, Vicente Archer no baixo e o onipresente Wycliffe Gordon no trombone. Linha de peso.

À noite, no teatro principal, Cécile McLorin Salvant, ganhadora do Grammy em 2017 e 2018 (vocal jazz), apresentou show intimista, acompanhada por Sulivan Fortner ao piano. É impossível não se  render à sutileza e à dinâmica das interpretações de Cécile, dona de um timbre peculiar que a coloca entre as grandes vozes do jazz e, seguramente, um farol para sua geração.

O cruzeiro terminou com chave de ouro. Terence Blanchard, que concorre ao Oscar de melhor trilha sonora original, subiu ao palco com Charles Altura na guitarra, Gerald Clayton nos teclados, David Ginyard no baixo e Gene Coye na bateria,  no clima da trilha de Infiltrado na Klan, de Spike Lee. 

Aí vai minha lista dos melhores:

Melhores shows: empate técnico entre Wynton Marsalis &Jazz at Lincoln Center Orchestra, Christian Scott, Robert Glasper Trio e, claro, Marcus Miller Band.

Step foward (novos caminhos): Christian Scott, Robert Glasper (Glasper e Christian, inclusive, apresentaram trabalho conjunto chamado R+R=NOW, com destaques para o multinstrumentista Terrace Martin e o grande batera Justin Tyson).

Pianistas: Robert Glasper, Jason Moran, Lawrence Fields, Gerald Clayton.

Bateristas: Damion Reid, Justin Tyson, Alex Bailey.

Baixistas: Marcus Miller (uma obviedade), Derrick Hodge, Vicente Archer.

Vocal Jazz: Cécile McLorin Salvant, Kurt Elling e a encantadora Candace Springs.

Trompetistas: Christian Scott (destaque absoluto), Russell Gun. Nem irei referir Marsalis e Blanchard que já moram no Olimpo.

Saxofonistas: Alex Han, Braxton Cook

Trombonista: Whycliffe Gordon dominou o pedaço. Tocou tudo, com todo mundo.

Percussionista: destaque para o grande Weedie Braimah, que arrebentou sempre que subiu ao palco, nos mais diferentes contextos. 

Miss simpatia: a saxofonista Candy Dulfer (que tocou alguns anos com Prince) esbanjou carisma com competência e muita energia em suas Candyland Jams.

O relato da incrível experiência não poderia terminar sem algumas referências fundamentais: o som esteve sempre impecável, em todos os palcos, em todos os lugares do navio. Qualidade e esmero que faz justiça à música e ao selo Blue Note. Trabalho  incansável de técnicos e afinadores (contei oito pianos no navio, fora os das salas de ensaio).

O público foi composto quese que por pessoas acima dos 50 anos. O custo talvez seja um determinante, como observou Candy Dulfer, em breve papo que tivemos.

Em todo lugar se falava de música, se vivia música, se respirava música. Os artistas circulavam relaxados e simpáticos num clima de maior camaradagem.

Para mim também a viagem teve o sabor de uma velha amizade. Foi o amigo/irmão na vida e na música, Gustavo Graudenz, que há dois anos me falou do projeto. Muito do que escrevi resulta de nossas longas e animadas conversas e incontáveis risadas. 

Aos amigos da Amajazz o meu abraço e o agradecimento pela alegria de dividir o que vi e ouvi.

Salve o jazz e a música livre e criativa!


Leia mais:

Anúncios

2 pensamentos

    1. Ele tocou com o Terence Blanchard, com quem gravou a trilha de Infiltrado na Klan, do Spike Lee.Blanchard concorre ao Oscar pela trilha. Deu também uma canja com David Samborn.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.