O primeiro Ron Carter você nunca esquece

Reinaldo Figueiredo lembra de como ficou impactado pelo som do grande baixista

Para ser lido ao som de Andei, do disco Seeds on the Ground de Airto Moreira, com participação de Ron Carter

Foto: Brianmcmillen/CC BY-SA 4.0/Wikimedia Commons
Foto: Brianmcmillen/CC BY-SA 4.0/Wikimedia Commons

Lembro perfeitamente da primeira vez que o som do Ron Carter me causou uma forte impressão. Foi nos dois primeiros discos do Airto gravados nos Estados Unidos. Os discos eram Natural Feelings e Seeds on the Ground, lançados no comecinho dos anos 70. Ron Carter era o único não-brasileiro no estúdio. Ele estava ali pra acompanhar Airto, Hermeto, Sivuca e Flora Purim. E o som do seu contrabaixo era impressionante, com aqueles glissandos, os dedos deslizando para cima e para baixo no braço do instrumento, sempre roncando muito… O que me faz lembrar do luthier e construtor de contrabaixos Paulo Gomes. Sempre que Ron Carter vai tocar em São Paulo, aluga um instrumento lá no atelier do Paulo Gomes. E o Paulo ficou tão íntimo do Ron Carter que ele só chama o famoso contrabaixista de “Ronca”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.